fbpx

Veja como avaliar competências socioemocionais dos alunos de sua escola

Inegavelmente, analisar o desempenho dos alunos é um dos grandes desafios no ambiente escolar. Considerando as premissas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), além da avaliação tradicional, conteúdo acadêmico, é muito importante que as escolas estejam preparadas para a avaliação e desenvolvimento das competências socioemocionais dos seus alunos, tarefa ainda mais complexa e desafiadora.

Desse modo, não basta planejar o currículo e os conteúdos básicos dos conhecimentos previstos nas diferentes Áreas de conhecimentos da BNCC.  É preciso garantir que os alunos desenvolvam as competências Socioemocionais que perpassam pelas 10 competências Gerais da BNCC e que norteiam a Educação Básica no Brasil.

Mas, afinal, você sabe como avaliar e acompanhar o desenvolvimento das competências socioemocionais dos seus alunos, no dia a dia de sala de aula? Veja quais são os critérios de avaliação e de que modo fazê-los corretamente.

Qual é a importância de avaliar competências socioemocionais?

Apesar das diretrizes da BNCC serem de execução obrigatória desde 2020, com o advento da pandemia, a fiscalização e o acompanhamento das Secretarias de Educação, acabou sendo prorrogada.

Além disso, as limitações impostas pelo distanciamento social impediram que os educadores acompanhassem de forma integral o desenvolvimento  dos seus alunos.  Especialmente, em relação às competências socioemocionais.

Contudo, isso não significa que não seja necessário adentrar no entendimento do desenvolvimento socioemocional. Pelo contrário, é necessário garantir o desenvolvimento integral dos alunos, para estarmos alinhados às novas diretrizes que norteiam a educação brasileira, a BNCC.

A dificuldade em interpretar as diretrizes da BNCC deve ser um estímulo para um maior entendimento de como avaliar o aluno de forma integral aliando a aprendizagem acadêmica às competências socioemocionais.  Tudo é muito novo, mas uma necessidade primordial.

Desse modo, é necessário se preparar para os novos direcionamentos da Educação e a formação dos alunos preparados para os desafios do século XXI.

Como avaliar as competências socioemocionais?

Podemos avaliar: argumentação, autoconhecimento e autocuidado, empatia, cooperação, autonomia, flexibilidade do aluno?  Afinal, são competências previstas na BNCC, mas como fazer? E quando o assunto são as métricas, cria-se um desafio ainda maior e muitos questionamentos.  A seguir, confira algumas delas para nortear tais análises.

Apesar disso, certas práticas trazem maior efetividade à etapa de quantificação. A seguir, confira algumas delas para nortear tais análises!

Entenda a competência a ser avaliada

Educadores precisam compreender a competência e desenvolver o olhar, refletir sobre a definição, inseri-la no seu planejamento e nas ações acadêmicas envolvidas.  A partir desse alinhamento, poderá desenvolver estratégias para o desenvolvimento socioemocional da habilidade em questão.

Trace ações que permitam a avaliação

Em sequência, o próximo passo é construir ações ou momentos que garantam essa avaliação diagnóstica. Essa prática permite que professores e coordenadores façam a interpretação sobre determinada habilidade.

Estabeleça os instrumentos de avaliação

Quando se definem essas ações, pode-se estruturar quais são as melhores ferramentas para auxiliar e  contribuir para a compreensão e acompanhamento do desenvolvimento socioemocional dos alunos, explorando a percepção e  promovendo o desenvolvimento integral dos alunos. Colaborando de forma transversal através de diferentes percepções.

Observe os alunos

Não basta apenas fazer uma atividade específica para conseguir uma avaliação socioemocional. É necessário acompanhar o dia a dia do currículo letivo em situações rotineiras, fornecendo insights que garantam a compreensão sobre determinada habilidade.

Por exemplo, notou que um jovem demonstra falta de interesse em emprestar materiais escolares, mesmo sabendo da necessidade do outro? Esse é um sinal de falta de empatia. A análise qualitativa do educador começa a partir da observação de uma situação como essa.

Avaliar competências socioemocionais pode não ser uma tarefa fácil. Entretanto, existem determinadas soluções no mercado que permitem simplificar esse processo. O VOA é uma plataforma educacional que torna o acompanhamento, o diagnóstico e a mensuração efetivos, além de estar alinhada com as necessidades da BNCC. Quer saber de que forma podemos ajudar você e seu colégio com relatórios e outras análises? Então, agende uma apresentação do software e saiba como nossas soluções são fundamentais para a sua avaliação!

Facebook Comments

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.