O que aprendem as pessoas mais felizes do mundo?

por | 2 dez, 2019

Leitura: 3 minutos 

A competir menos para se desenvolver mais. 

Nesses últimos dois meses, pela internet afora, esbarrou-se com frequência em manchetes dizendo que as escolas na Dinamarca ensinam empatia às suas crianças. Estudiosos (e entusiastas!) do assunto que somos, sabemos o quanto a atenção às habilidades socioemocionais é capaz de mudar vidas e transformar a sociedade.

 

Os dinamarqueses são considerados o povo mais feliz do mundo – e não é à toa,  já que acreditam que se concentrar no desenvolvimento emocional faz muito mais sentido do que focar a educação dos jovens na competição. Tem pouco tempo que, por aqui, ouvimos falar nas “competências do século XXI”, mas por lá esse já é o foco das escolas desde a década de 90.

 

Os pequenos dinamarqueses têm, obrigatoriamente, a disciplina empatia em seu currículo escolar. Essas aulas contemplam a empatia afetiva (onde se aprende a partilhar e a compreender os estados mentais e sentimentos das outras pessoas) e a empatia cognitiva (onde se aprende a como se comunicar com as outras pessoas, compreendendo como elas estão e como enxergam o mundo). Com essas habilidades, as pessoas constroem relacionamentos mais saudáveis com os outros e desenvolvem mais conhecimento sobre elas mesmas, autoconfiança e respeito aos seus próprios limites.

 

Além disso, a cultura escolar dinamarquesa como um todo é focada na motivação, e não na competição. A maioria das tarefas é realizada em equipe e exigem envolvimento, criatividade e responsabilidade e confiança nos colegas. Esse movimento cria uma sociedade colaborativa ao invés de competitiva e as estatísticas comprovam que aprender a contar com o outro ao invés de estar sempre buscando superá-lo cria comunidades muito mais felizes e indivíduos muito mais seguros.

 

O mundo está mudando em alta velocidade e a cada dia surgem novas demandas, enquanto as antigas desaparecem ao serem substituídas por tecnologia. O que é importante nesse novo mundo? Quais são as necessidades do mercado de trabalho? Habilidades o mais humanas possíveis. Indivíduos mais humanos são as novas demandas da educação – e as constantes demandas da felicidade.

 

E você? Também acha bacana trabalhar a empatia dentro de sala de aula? Com o VOA, você poderá avaliar e desenvolver esta e outras habilidades importantes dos seus alunos. Agende uma conversa.

contatos

contato@voaed.com

enviar mensagem pelo whatsapp +55 21 99879-8916

Instituto Gênesis - Incubadora de Empresas PUC-Rio

R. Marquês de São Vicente, 225 | Edifício Dom Jaime de Barros Câmara
Gávea | Rio de Janeiro RJ Brasil | CEP 22451-900

nossos parceiros

VOA educação © 2019 todos os direitos reservados   .   política de privacidade